(11) 4193-5447 | comercial@gruposefer.com.br - Atendemos todo o Brasil!

Qual é o tecido ideal para cada tipo de roupa?

A ocasião e o clima são fatores fundamentais que ditam qual tecido é o melhor para determinada peça de roupa.

Qual é o tecido ideal para cada tipo de roupa?
Editorial Grupo Sefer

O acabamento da peça, o ambiente em que será usada, o clima, tudo isso é extremamente importante para a escolha do tecido ideal de cada confecção. Garantir o conforto, o bom caimento da roupa pode ser a chave para fidelizar seu cliente á sua marca. Agora quando você desenvolve um tecido para resolver as dores da vida real, pensando por exemplo, na maior absorção do suor, ou até, a evaporação mais rápida do suor absorvido. Desenvolver qualidade conhecendo a necessidade e os benefícios que o seu produto oferece é uma forma mais atrativa e consistente de desenvolver, confeccionar e automaticamente gerar engajamento.

Qual é o tecido ideal para cada tipo de roupa?

Existe uma imensa variedade de tecidos, dos mais simples aos mais sofisticados, com espessura do fio diferente, mais elástica ou menos elástica. Fica difícil saber por onde começar, mas nós vamos te ajudar.

Fio

A espessura do fio influencia no tipo de peça que será produzida, no valor final do produto e também na qualidade e durabilidade da roupa. O número do fio pode variar entre muitos tamanhos, a dica é: quanto mais alto o número da espessura do fio, mais fino ele é, consequentemente, maior o valor também. Por exemplo, roupas íntimas como lingeries são mais delicadas e normalmente são feitas com fios mais finos, então o número da espessura do fio pode variar entre 40.1 e 50.1, que geralmente são os mais utilizados pelas industrias destinadas á esse tipo de produto.

Tecidos leves e fluidos

Esse tipo de tecido é usado para roupas mais esvoaçantes, soltas e até transparentes. O clima mais quente é o mais ideal para usar peças com tecidos leves por conta do calor. Os tecidos que se encaixam nessa categoria são algodão, viscose, seda, linho, como por exemplo: tricolines, cambraias, voil, sarja de algodão, entre outros. Um dos pontos positivos desse tipo de material é que eles absorvem o suor e permitem a passagem do ar, além de terem o fio mais fino.

Tecidos médios

Os tecidos médios podem ser firmes ou fluidos, ideal para roupas mais sociais, de alfaiataria, utilizadas em ocasiões como o trabalho, por exemplo. Esse tecido possui o fio um pouco mais espesso, se estruturando melhor ao corpo. Para peças com essa finalidade, os tecidos mais indicados são: cetim grosso, chamois, flanela, crepe de lã, sarja acetinada, entre outros.

Tecidos pesados

As roupas de inverno, mais armadas e quentes possuem tecidos pesados, ou seja, com fios mais grossos e rígidos para manter o calor do corpo. Tecidos como lã, veludo, cotelê, brocado e jacquard funcionam bem com esse tipo de peça. Também há a possibilidade de misturar fibras para uma peça que seja quente e ao mesmo tempo um pouco mais maleável, como a junção de lã e algodão, ou mistura de fibras sintéticas, como acrílico e poliéster.

Para entender melhor sobre as malhas e suas variedades criamos um artigo exclusivo.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*