(11) 4193-5447 | comercial@gruposefer.com.br - Atendemos todo o Brasil!

Algodão ou Malha Fria: Qual utilizar para uniformes?

Os dois tecidos são os mais usados na confecção de uniformes, mas tem características diferentes. Saiba qual mais se encaixa na sua preferência.

Algodão ou Malha Fria: Qual utilizar para uniformes?
Editorial Grupo Sefer

O tecido dos uniformes, seja escolar ou profissional, deve ser confortável, prático e de boa durabilidade. Entre as principais opções para esse tipo de confecção está o algodão e a malha fria, mas ainda existe muitas dúvidas na hora de escolher. Para facilitar esse processo, veja o nosso comparativo sobre os dois tecidos para que você consiga escolher o que mais se encaixa com a sua necessidade.

Algodão ou Malha Fria: Qual utilizar para uniformes?

O Algodão

O tecido feito com 100% algodão tem duas variantes: com fios cardeados ou penteados. O fio cardeado tem maior tendência a formar bolinhas (pelling) com o passar do tempo pois possui mais fibras curtas, já o fio penteado apresenta maior qualidade por conta do seu processo de produção que passa por um equipamento que se chama penteadeira. Este equipamento tem a função de retirar as fibras mais curtas (antes de se formar o fio) e impurezas como cascas, que são provenientes do algodão e não foram retirados em processos anteriores. Nós falamos mais sobre isso no artigo Malhas: variedades e utilidades.

A espessura do fio pode varia de 24.1 a 30.1 sendo que quanto menor for este valor maior é a espessura do fio,  e por consequência, pior é sua qualidade. Atualmente os fabricantes de tecidos trabalham com os fios 24.1, 26.1, 28.1 e 30.1
Tipo
Espessura
Qualidade X Custo
Utilização
Cardado
24.1
Fio grosso de baixa qualidade, porém com custo baixo
Utilizada em camisetas promocionais que geralmente serão utilizadas por pouco tempo. Exemplo de utilização são as camisetas feitas para uma determinada festa.
Cardado
26.1
Fio grosso de baixa qualidade, porém com custo baixo
Utilizada em camisetas promocionais que geralmente serão utilizadas por pouco tempo. Exemplo de utilização são as camisetas feitas para propaganda eleitoral.
Cardado
28.1
Fio de espessura, qualidade e custo mediano
Utilizada geralmente para confecção de camiseta de uniformes de escolas e empresas
Penteado
30.1
Fio fino, qualidade boa, porém custo alto. Esse padrão de malha é o mesmo encontrado nas camisetas da famosa marca Hering
Utilizada em confecções de lojas, magazines entre outras.

 

As malhas penteadas geralmente utilizam apenas o fio 30.1, pois o processo de pentear o fio encarece o produto final, assim como as malhas cardadas utilizam fios mais grossos o que torna a malha mais barata. Mas isso pode variar de fabricante para fabricante, sendo possível encontrar malha cardada fio 30.1 por exemplo.

Vale ressaltar que tecidos de algodão e seda não aceitam a sublimação, a não ser que eles sejam tratados previamente com determinados produtos eles são suscetíveis a danos e corrosões durante o processo. Então, se a escolha for sublimação. o melhor é evitar este tipo de tecido.

A Malha Fria (ou PV)

A malha fria, ou PV, é composta por uma mistura de poliéster e viscose, cuja proporção pode variar entre cada fabricante. Diferentemente no algodão, a malha fria não tem outras variantes com relação ao fio, pois geralmente é feita com o fio 30.1, o que muda é a quantidade de poliéster ou viscose em sua composição.

Esse tecido é o oposto do algodão, pois ele é mais adequado nos dias frios por reter menos o suor, dando menos ventilação ao corpo. Além disso, a malha fria possui mais brilho, toque acetinado e não é recomendada a quem tem algum tipo de alergia na pele. Quanto ao pelling, essa malha tem menor tendência a criar bolinhas e quase não amassa, além de apresentar menos deformidade conforme o tempo, ao contrário do algodão que pode esticar com a uso frequente.

 

Os dois tecidos são os mais utilizados para a confecção de uniformes, pois o acabamento continua sendo excelente para ambos. O que determina a sua escolhe é justamente as características de cada um e a finalidade na qual ele será encaminhado. Para uniformes escolares é interessante oferecer mais de um modelo de camiseta, podendo ter a opção de usar os dois tipos de tecido, sendo um para cada modelo. Dessa forma, o aluno tem a liberdade de escolher qual a camiseta usar de acordo com a sua preferência. Outros tecidos também podem receber estampas sublimáticas: é o caso do Helanca light, Tactel, Oxford, Cetim, Microfibra, Organza, Musseline e o Crepe, com suas variações.

 

Bônus:

Na luta por um mundo mais sustentável países como Turquia, EUA, China e Índia estão se tornando os maiores produtores de algodão orgânico do mundo. A plantação de algodão sem agrotóxicos gera menos consumo de água e menores danos ao meio ambiente, ajudando no combate a poluição. A confecção de roupas com fibras orgânicas como o algodão já está fazendo parte da rotina de diversas marcas, a chamada moda verde mantem a ideia de sustentabilidade em todo o seu processo, desde a plantação até a confecção das peças. Pode ser uma boa opção para quem quer abraçar a causa, pois além de serem melhor para peles sensíveis por não darem alergia, as peças feitas com materiais orgânicos garantem uma durabilidade ainda maior.

 

 

 

 

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*